VOCÊ ESTÁ DISPOSTA?

Há uma noite na minha vida que sempre vou lembrar. Estava passando por um momento difícil, meus pais haviam se separado alguns meses antes e eu estava em um relacionamento tóxico com alguém da universidade, com quem tentava preencher o vazio do meu coração. Lembro-me que naquela noite eu me sentia tão sozinha, perdida e sem propósito que me tranquei no quarto e não conseguia parar de chorar. Comecei a falar com Deus, dizendo “Não sei se eu mereço ser escutada, mas Senhor… se tens um propósito comigo, peço que este jovem termine o relacionamento porque eu não sou capaz e que você me dê força para suportar”.

 

Não passaram mais de quarenta e oito horas e esse jovem sem motivo nenhum, terminou o nosso relacionamento, aquele momento foi muito difícil para mim, mas na minha mente só havia aquela oração feita do fundo do meu coração: Se você tem um propósito comigo… A partir daquele momento entreguei minha vida ao Senhor, me apaixonei perdidamente por Jesus, conheci a plenitude e a felicidade. Deus colocou em minha vida um líder que era muito atento comigo, éramos bons amigos e nunca imaginei o que aconteceria. Poucos anos depois, aquele líder se apaixonou por mim e eu me apaixonei por ele. Oh, oh, oh, sim! Eu me casei com meu líder! Ele conhecia o Senhor há muito mais tempo e, portanto, quando cheguei, ele tinha um grande ministério e eu era apenas uma nova convertida.

No início lutei muito pensando que não estava à altura do ministério e isso fez com que o medo me paralisasse por não sentir que eu era o suficiente. Você já sentiu que não era o suficiente para cumprir as responsabilidades que tem? Eu sei exatamente como é!! Muitas vezes fiz coisas com minhas próprias forças, não tive resultados e isso foi muito frustrante.

Hoje quero falar com você sobre uma mulher que, quando você ler sua biografia, ficará imediatamente impressionada.

Você pode imaginar o que sentiu essa mulher que desejava ser uma missionária, mas desistiu de tudo para ajudar seu marido a crescer no ministério? Qual seria a sensação de saber que ela tinha todo o potencial para realizar algo grande, mas deu marcha ré para “apenas ser mãe de 5 filhos”? Ela é Ruth Graham. Se olharmos para sua vida do ponto de vista humano, muitos diriam: Que irracional! Mas quando vemos isso com a luz da Palavra, percebemos que ela fez uma das maiores obras de influência, diminuir para que o propósito de sua família se cumprisse. Seu marido Billy Graham foi considerado o homem mais influente do século atual, mas gosto muito de algo que ele sempre dizia: Minha maior influência é minha esposa Ruth, sem ela não teria sido possível chegar aonde cheguei.

Uau! Quem faz isso? Diminuir para o outro crescer? Quando João Batista viu Jesus ele disse, é necessário que eu diminua para que Ele cresça, mas o maior exemplo de diminuir a si mesmo foi do nosso Jesus, sendo Deus se passou por servo e obediente para cumprir um propósito.

Quão disposta você está para diminuir e permitir que Jesus cresça em você, em seu marido, em seus filhos, em sua família ou nas pessoas que estão ao seu redor?

Sabe quando foi que eu parei de me sentir insuficiente e de que não estava à altura? No dia em que me renunciei para que Jesus crescesse em mim, renunciei viagens, oportunidades, minha carreira (é um caso pessoal, não interprete ao pé da letra), e também renunciei tudo o que Deus me pediu para que Jesus crescesse em mim e na minha família.

Quanto mais você renuncia a si mesma, mais Deus é glorificado e te levará a lugares inimagináveis ​​onde poderá influenciar os outros, não por quem você é ou por seus talentos, mas por causa do tamanho de Deus em você. Tenho visto o início do cumprimento do propósito de Deus em minha vida todos os dias que tenho a oportunidade de respirar.

Só foi necessário que eu diminuísse para que Ele crescesse.

Con Amor
Pastora Fanny

Versículo para estudar:

DESAFIO:

  • Hoje teremos um desafio diferente! Você vai pensar em 3 pessoas que pode ajudar. Você vai se diminuir naquilo que tinha pensado e fará atos de serviço a elas para que possam ser abençoadas.