VOCÊ VAI SE ENCHER DE RISOS

A alegria é um dos presentes mais bonitos que recebemos quando aceitamos Jesus em nossos corações. Amo rir em voz alta, abraçar com força e comemorar grandes e pequenos milagres, mas nem sempre foi assim. Por muitos anos lutei com uma tristeza contínua, uma nuvem escura que me perseguia e atacava toda a beleza que Deus me dava diariamente. Lamento ter perdido tanto tempo aceitando isso na minha vida, mas decidi sair dessa situação. Na verdade eu não podia fazer isso sozinha, nem na minha força, Deus usou o livro de Filipenses, (que li por 30 dias, 2 capítulos pela manhã e 2 capítulos à noite), e a vida de uma mulher muito corajosa chamada “Corrie Ten Boon”, que com seu testemunho no livro “O Refúgio Secreto” (Editorial Palavra) me mostrou o segredo de viver na alegria de Deus.

 

Corrie nasceu na Holanda, onde seu pai tinha uma oficina de relógios de muito prestígio. Eles eram uma família feliz que amava servir a Deus e sua comunidade. Quando os nazistas começaram a perseguir os judeus, eles tomaram uma decisão muito difícil, arriscar suas vidas para esconder o povo de Deus em suas casas. Eles criaram uma passagem atrás de um armário no quarto da Corrie para esconder 6 ou 7 pessoas ali, por algumas horas, dias e até meses, mas depois de um tempo eles foram traídos por alguém que os denunciou e toda a família foi levada para os campos de concentração para viver um pesadelo horrível.

 

Privados de tudo, eles viajavam em vagões de trem como gado por horas, as pessoas faziam suas necessidades aí, junto com todos os outros, sem ter água ou comida. Separadas da família, Corrie e sua irmã mais velha Betsie chegaram a seu destino. A partir daquela noite elas dormiam no meio de baratas e piolhos, suas boas comidas mudaram para água fervida com batata, sua cama quente foi transformada em uma tábua que não tinha colchão, seu trabalho dentro de uma casa agora mudou para um trabalho na neve e no vento gelado.

Todos os seus direitos foram violados, seus sonhos desfeitos, sua família destruída e separada, mas ela encontrava conforto, ânimo e paz todas as noites lendo as palavras que o apóstolo Paulo escreveu da prisão aos Filipenses (ela conseguiu esconder um pequeno Novo Testamento dentro de sua roupa, e essa foi a sua força).

Quando li seu testemunho me senti confrontada, como uma mulher que havia perdido tudo não perdeu a alegria, o segredo é que ela foi capaz de perdoar todos aqueles que lhe causaram tanta dor. Ela perdoou a pessoa que os denunciou, perdoou os guardas dos campos de concentração que a maltrataram, que bateram nela e a humilharam. Ela perdoou aqueles que a deixaram nua para andar na frente deles, perdoou todos aqueles que participaram do desgaste físico e mental que mataram o seu irmão, irmã e pai. Milagrosamente, em um dia chegou a sua liberdade, e soube que Deus a deixou com vida para levar ao mundo a poderosa mensagem que ela e sua irmã Betsie tinham aprendido no campo de concentração: “Não existe uma dor que seja tão profunda que o amor de Deus não possa curá-la”. Corrie Ten Boom viveu muitos mais anos para testemunhar que Deus pode te ajudar a perdoar as maiores injustiças e que, apesar das coisas terríveis que você teve que viver, Ele ainda pode te encher de risos.

Por Perla Mora

Versículo para estudar

Desafio:

  • Identifique qual ferida ou dor em sua alma está roubando sua alegria.
  • Faça uma oração e perdoe aqueles que a machucaram.
  • Decida viver na alegria de Deus.